Virbac Brazil

Cuidados

Ponto 0 (0 Votos)

Vacinação em cães e gatos: qual a importância?

Vacinação em cães e gatos

Como nos humanos, a vacinação tem dois objetivos:

  • Proteger o seu pet contra doenças infecciosas. Vaciná-lo irá permitir que ele permaneça saudável!
  • Proteger as pessoas contra os agentes circulantes dessas doenças. A vacinação previne o contágio de um animal para o outro, ou mesmo para as pessoas.

Algumas doenças dos animais podem passar também para os seres humanos.
Vacinação é, portanto, um ato médico muito importante e uma responsabilidade de saúde pública.
Quanto maior o número de animais vacinados, menor a frequência de doenças na população.

Vacinar sim, mas contra o que?

A vacina pode proteger contra várias doenças. Existem vacinas contra vírus, bactérias e outros parasitas.

Existem vacinas essenciais (obrigatórias) e opcionais. O veterinário é quem irá definir o melhor protocolo de vacinação para o seu pet, baseado no estilo de vida, localização geográfica e viagens.

Qual a frequência ideal de vacinação?

Para que a imunidade seja ideal, várias aplicações são necessárias no primeiro ano de vida.

Na vida adulta, deve ser mantida certa regularidade nas aplicações de vacinas, para que a imunidade se mantenha efetiva durante toda a vida do pet.

O tutor deve ser cuidadoso em seguir o protocolo vacinal recomendado pelo veterinário. Caso as orientações não sejam seguidas à risca, pode ser necessário recomeçar o protocolo vacinal do zero!

Quais animais precisam ser vacinados?

Todos os cães e gatos devem ser devidamente vacinados, mesmo aqueles que vivem nas grandes cidades, que não saem na rua ou animais idosos.

O seu veterinário irá orientá-lo quanto ao tipo de vacina mais indicado para o seu pet, dependendo da localização, estilo de vida e idade dele.

A vacinação é sempre necessária?

Graças à vacinação em massa que vem sendo realizada nos últimos 10 anos, algumas doenças graves se tornaram raras.

Seria essa uma razão para parar de vacinar? Não, é exatamente o contrário! É fundamental que se continue vacinando, pois sem isso as doenças podem reaparecer. Não podemos nos esquecer que, em se tratando de cães e gatos, a fauna silvestre pode funcionar como reservatório para certos vírus e bactérias.

A manutenção da vacinação, de uma maneira racional e personalizada, mantém uma cobertura suficiente para limitar o risco de doenças na população.

Como a vacina funciona?

A vacinação deve sempre ser feita por um médico veterinário, durante a consulta.

Na ocasião, o veterinário irá realizar uma avaliação criteriosa do estado de saúde do seu animal, e detectar possíveis problemas.

Em filhotes de cães e gatos, esta é uma oportunidade de orientar sobre crescimento, comportamento e adestramento, alimentação, controle de parasitas, castração e higiene. Em um pet idoso, a consulta é o momento para realizer exames e fazer um check-up. É, portanto, um momento importante para estabelecer um relacionamento entre o veterinário, o tutor e o pet.

Vote neste conteúdo: 5 4 3 2 1

Products

Canigen® CH(A₂)P/L

Leia Mais

Canigen® R

Leia Mais

Feligen® CR/P

Leia Mais

Feligen® CRP/R

Leia Mais