Virbac Brazil

Antibióticos Injetáveis

Shotapen® L. A.

Shotapen® L. A.

  • Bovinos
  • Equinos
  • Suínos

Tratamento de infecções de origem bacteriana causadas por microorganismos sensíveis à penicilina e à dihidroestreptomicina em bovinos, ovinos, caprinos, suínos, equinos, caninos e felinos.

Frascos-ampola de vidro contendo 20, 50, 100 ou 250 mL.

PROPRIEDADES: 


SHOTAPENllll é uma preparação injetável pronta para uso que associa as benzilpenicilinas procafna e benzatina à dihidroestreptomicina.As benzilpenicilinas procarna e benzatina são potentes antibióticos da família dos que atuam inibindo a síntese da parede celular bacteriana através da interferência sobre a enzima transpeptidase.Apresentarn atividade principalmente contra microrganismos Gram-positivos tanto aeróbicos quanto anaeróbicos.

Devido às suas estruturas moleculares, estes antibióticos são particularmente sensíveis à hidrólise ácida e são rapidamente decompostos no estômago se administrados por via oral. Sob formulação adequada, após administração parenteral, concentrações plasmáticas terapêuticas são mantidas por longos períodos.A biotransformação destas subst,,ncias é pequena e a eliminação ocorre sob a forma ativa,quase exclusivamente através dos rins.A dihidroestreptomicina é um aminoglicosídeo pertencente ao grupo de oligossacarídeos encontrados em culturas do fungo Streptomyces griseus. 
Sua ação ocorre sobre a subunidade ribossômica 30S o que produz interferência sobre a síntese proteica bacteriana. Seu espectro de ação atinge principalmente microrganismos Gram-negativos. 
Após administração parenteral, concentrações plasmáticas terapêuticas máximas são alcançadas em 2 horas. Menos do que S% da quantidade injetada é biotransformada e a eliminação ocorre, sob a forma ativa, através dos rins. 
A associação penicilina-dihidroestreptomicina é frequentemente sinérgica.A penicilina interrompe 
a síntese da parede celular bacteriana facilitando a penetração e ação da dihidroestreptomicina. 


FÓRMULA: 


Cada 100 mlcontém 
Benzilpenicilina procaína ...................................................................... 10.000.000 UI 
Benzilpenicilina benzatina .............. ...10.000.000 UI 
Dihidroestreptomicina (sulfato) ......................................................................... 20,5 g 
Veículo .... q.s.p ........................................................................................................... 100ml 


INDICAÇÕES:

Tratamento de infecções de origem bacteriana: 
Bovinos 
Corynebacterium bovis, Diche/obacter nodosus, Fusobacterium necrophorum, Histophi/us somni, Mannheimia parahaemolyticus, Pasteurella multocida, Staphylococcus aureus, Staphylococcus 
epidermidis, Staphylococ.cus hyicus, Streptococcus agalactiae, Streptococcus dysgalactiae, 
Streptococcus uberis, Trueperel/a pyogenes e L. interrogans sor. lcterohaemorrhagiae 
Suínos 
Actinobacil/us p/europneumoniae, C/ostridium difficile, C/ostridium perjringens, Erysipelothrix 
rhusiopathiae, Haemophi/us parasuis, Pasteure//a multocida, Staphy/ococcus aureus, Staphy/ococcus 
hyicus, Streptococcus dysgalactiae, Streptococ.cus suis e Trueperella pyogenes. 
POSOLOGIA E MODO DE USAR: 
Agitar bem antes de usar. Administrar a dose recomendada por via subcutanea ou intramuscular. 
Bovinos, sufnos: administrar 1,0 ml de SHITTAPENll!I para cada 70kg de peso. Aplicar o produto 
durante 1 a 2 dias consecutivos com o intervalo de 48 horas. Seguir sempre a recomendação do 
médico veterinário. 


EFEITOS ADVERSOS: 


Não são observados efeitos adversos quando o produto é utilizado segundo as doses recomendadas. Casos de hipersensibilidade às penicilinas podem ser observados. O tratamento de  reações anafiláticas às penicilinas consiste  na administração de adrenalina, corticosteróides (dexametasona) e oxigenioterapia. ototoxicidade, bloqueio neuromuscular e nefrotoxicidade podem ocorrer quando do uso de antibióticos aminoglicosídeos. 

PRECAUÇÕES: 


Não administrar a animais com hipersensibilidade às penicilinas. Em animais com disfunções renais, ajustar a dosagem do produto para evitar a retenção da dihidroestreptomicina. 


CONTRAINDICAÇÕES E RESTRIÇÕES DE USO: 


Não aplicar o produto em outras espécies animais. Não utilizar a via endovenosa.  PERÍODO DE CARÊNCIA: 

ATENÇÃO: OBEDECER AOS SEGUINTES PERÍODOS DE CARÊNCIA: 
BOVINOS: 
ABATE: O ABATE DOS ANIMAIS TRATADOS SOMENTE DEVE SER REALIZADO 46 DIAS 
APÓS A ÚLTIMA APLICAÇÃO. 
LEITE: O LEITE DOS ANIMAIS TRATADOS COM ESTE PRODUTO NÃO DEVE SE DESTINADO 
CONSUMO HUMANO ATÉ 8 DIAS OU 16 ORDENHAS APÓS A ÚLTIMA APLICAÇÃO. SUNOS
ABATE: O ABATE DOS ANIMAIS TRATADOS SOMENTE DEVE SER REALIZADO 39 DIAS 
APÓS A ÚLTIMA APLICAÇÃO.

A UTILIZAÇÃO DD PRODUTO EM CONDIÇÕES DIFERENTES DAS INDICADAS NESTA BULA 
PODE CAUSAR A PRESENÇA DE REÍSUOS DO PRODUTO ACIMA DOS LIMITES APROVADOS, 
TORNANDO D ALIMENTO DE ORIGEM ANIMAL IMPRÓPRIO PARA O CONSUMO. 


Conservar em local seco e fresco, entre 2ºC e 8ºC, ao abrigo da luz solar direta, fora de alcance de 
crianças e animais domésticos. 
Nestas condições, o produto é válido por 18 meses após a sua data de fabricação. Após aberto o 
frasco, utilizar seu conteúdo dentro do prazo de 28 dias. 
Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do Médico Veterinário. 
Licenciado no Ministério da Agricultura sob o nº RS 000143-1.000001 em 16/03/2000. 
APRESENTAÇÃO: Frasco ampola de vidro contendo 20, 50, 100 ou 250 ml de produto. 

Leia MaisLeia Menos

Produtos complementares

Agroplus®

Leia Mais

Pangram® 10%

Leia Mais